PAZOLINI LIDERA NOVA PESQUISA COM 40,44% E COSER PERDE 2a. POSIÇÃO PARA ASSUNÇÃO

19481

Lorenzo Pazolini segue em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais


A  pesquisa eleitoral quantitativa realizada recentemente na cidade de Vitória trouxe à tona insights importantes sobre as preferências do eleitorado e as dinâmicas da corrida pela prefeitura. Com uma amostra de 700 entrevistas e uma margem de erro de 3,6 pontos percentuais, os resultados fornecem uma visão detalhada da situação política local.

Principais Resultados:


Se as eleições fossem hoje para prefeito de Vitória, os resultados estimulados seriam os seguintes:

  1. Lorenzo Pasolini: 40,44%
  2. Capitão Assunção: 16,64%
  3. João Coser: 15,04%
  4. Camila Valadão: 8,32%
  5. Luiz Paulo V. Lucas: 7,01%
  6. Sergio Majesk: 2,34%
  7. Nenhum: 6,72%
  8. Não Sabe/Não Respondeu: 3,50%

 

Pazolini mantém uma liderança sólida, com 40% de preferência, consolidando-se como favorito para avançar ao segundo turno. O destaque é o Capitão Assunção, que assume a segunda posição com 16,64%, superando João Coser, do PT, que registra 15,04%.

Análise de Distribuição Eleitoral:

Pazolini conta com um forte apoio em Jardim Camburi e na região oeste, especialmente na Grande São Pedro e Maruípe.

Enquanto isso, o Capitão Assunção tem sua base de eleitores concentrada em Jardim Camburi e zona Norte, abrangendo áreas como Jardim da Penha e Mata da Praia. João Coser tem seu maior reduto em Maruípe e Santo Antônio, enquanto Luiz Paulo concentra seu eleitorado na Zona Norte.

Rejeição e Influência dos Cabos Eleitorais:

No quesito rejeição, João Coser lidera com 23,21%, seguido por Pazolini com 18%. O Capitão Assunção, conhecido pela polarização política, apresenta uma rejeição de 4,82%, sendo que parte desse eleitorado descontente tem migrado para Pasolini.

A influência dos cabos eleitorais também é evidente. Assunção, apoiado por Bolsonaro, ganha 29 pontos percentuais, enquanto João Coser, apoiado por Lula, alcança 23 pontos. Luiz Paulo, com o respaldo do Governador Casagrande, atinge 17 pontos, destacando a importância dos líderes políticos na escolha dos eleitores.

Esses dados revelam um cenário eleitoral dinâmico em Vitória, onde as estratégias de campanha e as alianças políticas desempenham papéis significativos na definição do resultado final.

CAPITÃO ASSUNÇÃO ASSUMIU 2a. POSIÇÃO EM VITÓRIA