Por que alguns políticos odeiam professores e servidores públicos ?

310

Um certo rapaz que governa uma cidade “tão tão distante” no ES hoje deu uma entrevista dizendo ser contra um benefício que favorece ao corpo  docente da rede pública de ensino onde ele é o gestor . O comentário infeliz desagradou muito uma categoria profissional que  tradicionalmente é considerada de fundamental importância para o desenvolvimento da sociedade. O tom ríspido e cheio de ódio do rapaz acontece com frequência  quando se refere aos servidores da educação . Os professores já sofrem com péssimas condições de trabalho nessa cidade “tão tão distante” e NÃO RECEBEM O MELHOR SALÁRIO DO ES.

Os professores sabem que o trabalho educativo é ajudar seus alunos e a comunidade escolar a desenvolverem suas habilidades cognitivas para criticar e analisar o mundo.

Outro político dessa mesma cidade há anos atrás se desgastou com a categoria da educação e nunca mais ganhou nada nessa cidade “tão tão distante “ . Formado por um grupo com mais de 3mil servidores efetivos e contratados esse segmento decide eleição na cidade . Eles são formadores de opinião e possuem acesso direto as famílias dos educandos .

Daria pra dizer que para além do discurso de ódio sobre os professores,  a misoginia também está presente no comentário do gestor haja vista 70% serem mulheres na função de regência de classe.

Enfim , este artigo propõe uma reflexão sobre a visão política  a respeito do trabalho docente.  A visão política sobre benefícios a servidores públicos que estão na base da pirâmide e atendem a população com dignidade e excelência.  E deixa um alerta para os políticos dessa cidade “tão tão distante “ , que não deixam há  mais de 10 anos nenhum  gestor se reeleger por causa de posturas  como essa de hoje do rapaz que governa a cidade “tão tão distante” . Professores são essenciais na vida da população e servidores públicos são necessários para a execução do trabalho político.  Que em 2024 a cidade “ tão tão distante “ seja digna de um gestor mais humanizado , gentil e dedicado aos seus funcionários.  Acordem professores! Consciência na hora de votar!                                                                                                                                            Luciana Santos