Prefeitura de Vitória qualifica agentes de portarias para prevenir ataques nas escolas

173

A Secretaria de Educação de Vitória (Seme), por meio da Gerência Administrativa (GA), realiza nesta terça e quarta-feira (26) uma formação com os 434 porteiros que atuam nas 103 unidades de ensino de Vitória. O encontro formativo acontece nos turnos matutino e vespertino, no auditório da Prefeitura de Vitória, para garantir a efetiva participação de todos os profissionais.

A formação é ministrada pela empresa terceirizada responsável pelo contrato de atendimento à portaria, e teve o objetivo de apresentar medidas preventivas de controle de riscos e reforçar normas de procedimento, como a exigência de identificação para permitir a entrada de terceiros nas unidades de ensino, utilização do botão do pânico, dentre outras.

A secretária de Educação, Juliana Rohsner, fez questão de prestigiar a formação e saudou os profissionais de portaria, que são agentes importantes para a manutenção de um clima escolar agradável.

“Hoje minha fala é de agradecimento ao trabalho cotidiano de vocês em todas as nossas unidades de ensino. Esse encontro de hoje é um momento importante, de reforçar procedimentos, revisar medidas de prevenção. Vocês são fundamentais na comunidade escolar. Estamos trabalhando muito para garantir uma escola melhor para todos, e para isso, precisamos estar juntos, porque é preciso uma aldeia para se educar uma criança. Cada equipe, como a operacional, a pedagógica e a direção, todos são importantes na promoção de uma escola humanizada e acolhedora”, disse a secretária.

                Dia a dia do trabalho

A porteira Elizabete Almeida afirmou que a formação foi proveitosa. “Essa reunião foi muito importante, falamos sobre a segurança e reforçamos alguns conceitos. Acho muito importante que ocorra assim, de forma periódica”.

Da mesma forma, o porteiro Anderson Soares avaliou que a formação trouxe importantes conceitos para a atuação no cotidiano escolar. “É muito importante revisar procedimentos, a equipe responsável pela formação também trouxe alguns conceitos novos, especialmente relacionados à segurança, que nos possibilitou refletir sobre o nosso papel e também sobre o contexto em que estamos inseridos”, disse.

À frente da Gerência Administrativa da Seme, Raquel Pereira reforçou que a formação está prevista em contato com a empresa terceirizada e é de suma importância para o contínuo aprimoramento dos profissionais que atuam na portaria.

“É um momento muito importante de atualização. É um requisito do contrato, para garantir que os profissionais da portaria estejam sempre atualizados, sempre em busca de oferecer cada vez mais um serviço de qualidade nas nossas escolas. Além disso, esses encontros são importantes porque oportunizam troca de experiências entre os pares, que com certeza tem conhecimentos para compartilhar entre si”, ressaltou.

Carlos Antolini