Sétimo avião com mais 219 resgatados de Israel chega ao Brasil; repatriados somam 1.135

13

O sétimo avião da Operação Voltando em Paz, do governo federal, pousou na madrugada desta quinta-feira, 19, no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. A bordo estavam mais 219 brasileiros resgatados da guerra entre Israel e o grupo terrorista palestino Hamas. Com isso, a operação já resgatou 1.135 brasileiros do conflito. Os primeiros 211 desembarcaram num voo da FAB (Força Aérea Brasileira) que aterrissou na última quarta-feira, 11, na Base Aérea de Brasília. Outros 214 chegaram na quinta-feira, 12, no Galeão. Já o terceiro avião com mais 69 brasileiros repatriados da zona de conflito no Oriente Médio pousou na sexta-feira, 13, no aeroporto de Recife, onde cinco passageiros desembarcaram, e seguiu como destino final o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Com 207 passageiros, o quarto voo chegou ao Brasil na madrugada de sábado, 14. O quinto voo pousou no domingo, 15, com mais 215 brasileiros. Nesses dois últimos, os desembarques também ocorreram no Galeão. O Ministério das Relações Exteriores avalia, para esta semana, novos voos de repatriação.

A sexta aeronave enviada pelo Brasil ainda continua na missão. O governo pretende resgatar cerca de 30 brasileiros que se encontram na Faixa de Gaza. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, esses brasileiros seguem abrigados nas localidades de Khan Younis e Rafah, nas proximidades da fronteira com o Egito. O governo brasileiro, por meio do Escritório de Representação do Brasil em Ramala, mantém permanente contato com os nacionais, aos quais vem provendo informações e itens de primeira necessidade. Veículos contratados pelo Itamaraty seguem de prontidão, aguardando a abertura da passagem de Rafah. O ministério ainda informou que mantém a orientação, como tem feito desde a eclosão do conflito, no sentido de que todos os brasileiros que possuam passagens aéreas, ou condições de adquiri-las, embarquem em voos comerciais a partir do aeroporto Ben-Gurion, que segue operando.