24 anos depois, governo do ES retornará com o sistema aquaviário com wi-fi e ar-condicionado para os usuários

37

A inauguração foi finalmente marcada para a data de 20 de agosto, um domingo, foi divulgada pelo próprio governador Renato Casagrande (PSB), por meio de suas redes sociais.

Clássico da mobilidade capixaba, o sistema aquaviário teve seu auge nos anos 90, mas nem mesmo o tempo conseguiu apagar as histórias vividas pelos capixabas mais experientes.

A boa notícia é que esse sistema vai voltar à rotina de quem transita pela Grande Vitória

Em março deste ano, um evento-teste do novo aquaviário foi realizado e detalhes da primeira embarcação catamarã, que vai integrar todo o sistema, foi divulgado pelo governo.

O novo modal contará, de início, com três pontos de embarque:   PRAÇA DO PAPA VITÓRIA ,PRAINHA VILA VELHA,PORTO DE SANTANA CARIACICA

Na época do evento, Casagrande explicou que o novo aquaviário será integrado a todo o Sistema Transcol, inclusive, com o mesmo valor da passagem atual, de R$ 4,50.

A expectativa é que o aquaviário atenda entre 4 e 5 mil pessoas por dia.

“Esse sistema aquaviário vai transportar de 4 mil a 5 mil passageiros por dia. Não é um número significativo perto do número de viagens que se fazem no Sistema Transcol, mas ele vai melhorar algumas regiões como o entorno da Praça do Papa, Centro de Vitória, Enseada do Suá, Bento Ferreira, Prainha e Centro de Vila Velha, além da região de Porto de Santana”, explicou.

De acordo com secretário de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi), Fábio Damasceno, todas as embarcações serão bem equipadas e com velocidade controlada.

Foto: Matheus Moraes | Folha Vitória

“Em média, as embarcações vão ter de 90 a 100 passageiros e todas contam com Wi-fi, ar-condicionado, rastreamento, banheiro e bicicletário na parte de trás. São dois motores de 200 Hp e a gente tem que trafegar na velocidade entre 10 e 11 nós na Baía de Vitória, por obrigação da Marinha”, disse.

De Vitória até Porto de Santana, segundo explicou Damasceno, a viagem leva de 35 a 40 minutos, dependendo da interferência de navios, e a embarcação que faz o trajeto entre Vitória e Vila Velha gasta em torno de 5 ou 6 minutos.

Além das embarcações de até 100 passageiros, o governo do Estado ainda prevê a aquisição de barcos maiores.

Sobre a circulação dos passageiros, o secretário disse que a princípio não será permitido usar o barco em pé.

Esse controle será feito de maneira online, que contará com um sistema que informa o número de passageiros que vão desembarcar e o número de passageiros que podem entrar na embarcação.

Três estações de embarque

Os três terminais do novo aquaviário já possuem nomes. A decisão e escolha desses nomes foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) e sancionada pelo governador do Espírito Santo.

Confira os nomes das estações do aquaviário:                                                                                                                                                                                                                 #  VITÓRIA (PRAÇA DO PAPA) ESTAÇÃO PREFEITO SETEMBRINO PELISSARI       #    VILA VELHA (PRAINHA) ESTAÇÃO GOVERNADOR ALBUÍNO AZEREDO # CARIACICA (PORTO DE SANTANA) ESTAÇÂO PREFEITO ALOIZIO SANTOS