EX PREFEITO NETO BARROS E SEU GRUPO POLITICO ATACAM MULHER TRANS PRÉ CANDIDATA À VEREADORA LARISSA SOUZA EM BAIXO GUANDU

20941

O ex prefeito da cidade de Baixo Guandu e Comunista José de Barros Neto, o Neto Barros (PP)  fez uma postagem criminosa nos seus stories do Instagram no ultimo dia 04/06/2024, contra a Pré Candidata à vereadora pelo PSD de Baixo Guandu Larissa Ferreira de Souza, a Larissa Souza.

 

A postagem do ex prefeito Neto Barros (PP) é totalmente homofóbica e fez zombarias com a condição social da pré candidata Larissa Souza, que recentemente obteve em cartório a mudança de seu nome e gênero de sexualidade

 

NETO BARROS ATACOU MULHER TRANS DE BAIXO GUANDU

 

ATAQUES DO GRUPO DE NETO BARROS

O grupo político do ex prefeito Neto Barros (PP) foi até as redes sociais de Larissa Souza fazer comentários de afrontas e caçoando da condição social de Larissa Souza que declarou apoio ao atual prefeito de Baixo Guandu Lastênio Cardoso (MDB).

Às postagens dos aliados do ex prefeito Neto Barros (PP) foram homofóbicas e covardes, o grupo político de Neto Barros é constituído por pessoas violentas, problemáticas e fazem ataques de Fake News contra a honra e a gestão do prefeito Lastênio Cardoso(MDB).

 

A PALAVRA DE LARISSA SOUZA: 

“Desde que lancei a minha pré candidatura eu venho sofrendo ataques Trans fóbicos e homofóbicos por meio de comentários depreciados a minha opção sexual e ideologia de gênero.
Esses ataques começaram nas redes sociais e a equipe de comunicação social que cuida do marketing do meu grupo político identificou que esses comentários a principio não são  de pessoas aqui de Baixo Guandu, o que não está descartada essa hipótese.

Até que, na madrugada da última sexta-feira, o ex prefeito Neto Barros (PP) fez um post no  seu Instagram com a minha imagem e com comentário Trans fóbico.

Isso me deixou muito triste e deprimida e a partir daí eu percebi que a postagem teve grande repercussão pela cidade.

Eu fiz a opção pelo grupo político de Lastenio Cardoso, atual prefeito e pré candidato à reeleição estou muito triste e abalada com tudo isso.                                                  Saio na rua e percebo as pessoas me apontando. Isso tudo me remete ao passado, lá no início dos anos 2000 quando me assumi como Mulher Trans e enfrentei toda a forma de preconceito.
Hoje eu não poderia imaginar que passaria por tudo isso novamente.

A minha assessoria Jurídica está tomando todas as providências judiciais cabíveis para identificar e punir os culpados.

ALIADOS DE NETO BARROS HOMOFÓBICOS

Agradeço a todas as pessoas que estão me apoiando nesse momento difícil.
Cheguei a repensar sobre ter colocado meu nome à disposição do Partido PSD para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal, mas depois de tanto apoio que venho recebendo, me sinto mais preparada do que nunca.

Eu pretendo lutar pela minha candidatura e para dar representatividade a luta da comunidade LGBTQIAP+”, disse a pré candidata do PSD de Baixo Guandu  Larissa Souza.

 

NETO BARROS, HISTÓRICO DE PRISÕES POR USO DE DROGAS NA CIDADE

 

José de Barros Neto, vulgo Neto Barros, ele já foi preso pelo o Cabo Leomar da Polícia Militar de Baixo Guandu fumando maconha e portando consigo várias buchas de maconha, em plena Praça pública do bairro ALTO GUANDU em 1993 aos 17 anos de idade.

“Na época seu pai José Francisco de Barros, então Prefeito da cidade perseguiu e transferiu da cidade à delegada de Polícia Cívil que lavrou o auto de prisão do seu filho Neto Barros, ele sempre foi “usuário de drogas,”  filhinho de papai e mamãe do estilo corpo tatuado, eu vi ele sendo preso trocando isqueiro na Praça,”  afirmou o morador do Alto Guandu  A.C.S. 52 anos.