#VERGONHA! Áudio revela plano de vereador Luiz Emanuel para abortar representação Contra Vinícius Simões em forma de corporativismo

93

Um áudio bombástico está viralizando nos grupos de Whatsapp do Espírito Santo, na sessão Ordinária de 24/07/2023 o vereador Luiz Emanuel (Repúblicano) l foi flagrado tentando ARTICULAR um movimento aonde seria abortado a representação do ativista social Thor o pagodeiro do amor, sem ao menos ser avaliada pelo o Corregedor Geral da casa vereador Leonardo Monjardim.

Na transcrição do áudio Luiz Emanuel ZOUAIN (Repúblicano) estava articulando uma forma de abortar o processo de N. 8026/2023 protocolada pelo o ativista social Thor o pagodeiro do amor.

IMPUNIDADE POR CRIMES

Luiz Emanuel Zouain foi Secretário Municipal de Meio Ambiente na gestão de Luciano Rezende tomando posse em Outubro de 2018, viria a protagonizar uma das maiores vergonhas e escândalo do Séculov21  da política capixaba em todo o País.

No dia 20/12/ 2018 o secretário municipal de Meio Ambiente Luiz Emanuel Zouain em viagem Oficial ao Distrito Federal em Brasília, foi flagrado mijando em Praça pública em frente ao badaladissimo restaurante Bier Fass, que segundo o Portal Praia do Canto o dinheiro dessa gastança era do bolso dos contribuintes de Vitória ES.

Viajou com o dinheiro do erário público e ainda foi jogar lama na honra do povo capixaba, menos de quatro anos se passaram e Luiz Emanuel Zouain fala como se não tivesse devendo essa conta ao povo de Vitória e ao povo capixaba??

 

 

TRANSCRIÇÃO DO ÁUDIO

Oh Vinicius….

Não vai ser ao vivo, não tem esse negócio não… Vai levar para a procuradoria pra poder  ACABAR COM ESSA PORRA E PRONTO!…  Faz o Parecer daqui da Mesa resolve isso hoje “, disse Luiz Emanuel (Repúblicano).

 

Durante a sessão Ordinária de 24/07/2023 o vereador Luiz Emanuel Zouain (Republicano) já antecipava sua manifestação contra a representação do ativista social Thor o pagodeiro do amor que impetrou pedido de cassação contra o mandato do vereador Vinícius Simões em decorrência de condenação sofrida por crimes de Fake News, calúnia e difamação.

“A gente precisa ter alguns cuidados, nós não podemos banalizar o espaço sobre a Corregedoria que é um espaço extremamente importante para essa casa. Eu julgo que daqui a pouco qualquer tipo de denúncia contra um vereador dessa casa tenha que virar aqui um palco pra debate política dessa casa. Principalmente quando ela é improcedente como essa que foi feita por um ativista político da cidade, eu  temo que esse tipo de imaginação fortuita vire uma fila aqui na casa, sublinhou Luiz Emanuel (Repúblicano).

Na sua representação o ativista social Thor o pagodeiro do amor reitera o período de flagrância de CRIME ELEITORAL cometido pelo o candidato a reeleição de vereador de Vitória Vinícius Simões que na data de 31 de Outubro de 2020 era candidato a vereador.

REITERAÇÃO DE REPRESENTAÇÃO JUNTADA NOS AUTOS

Thor o pagodeiro do amor reiterou representação trazendo fatos novos para a Corregedoria

 

O ativista social Thor o pagodeiro do amor efetivou junto ao protocolo geral da Câmara Municipal de Vitória ES uma REITERAÇÃO de Petição diante das declarações do vereador Vinícius Simões de que a peça protocolada seria inviável já que é Atempora, fato ocorrido em outra legislatura, o que vem alegando o vereador Vinícius Simões em suas redes sociais.

A juntada do ativista social Thor o pagodeiro do amor seguiu em E-mail encaminhado no dia 25/07/2023 ao setor DDI/ CMV com as seguintes informações:

 

Senhor Corregedor,

Denota-se que o vereador em tela no curso de um Mandato era também CANDIDATO A

REELEIÇÃO DE VEREADOR DA CIDADE DE VITÓRIA ES, portando os efeitos da Condenação  foram provocados e produzidos por um CANDIDATO A REELEIÇÃO DE VEREADOR em 2020,  o que torna  nestes autos o estado de flagrância motivo de reiteração da Cassação do Mandato do Vereador Vinícius José Simões.

Veja o que diz o aludido em torno da validade, as peças anexadas nessa juntada não deixam dúvidas da culpabilidade de um candidato a vereador que cometia crimes eleitorais em plena Campanha Eleitoral e a dolosa intenção de ofender é denigrir a honra de um munícipe, desconsiderando por si só a premissa do cargo ocupado pelo o mesmo.

Estamos diante de um Sentenciado da Justiça Vinícius José Simões, que propagou

calúnias, difamações e FAKE NEWS, lameando a honra de um munícipe e ferindo na qualidade de vereador e Candidato a Reeleição na época, o Regimento Interno e o

Código de Ética desta Augusta Casa de Leis.

Diante do indefensável exposto até a presente, solicito dessa Corregedoria da Câmara

Municipal de Vitória ES a admissibilidade do pedido de cassação contra o mandato do

vereador Vinícius José Simões, uma vez que os elementos de convicção corroboram

tão somente para a Cassação do Mandato por Quebra do Decoro Parlamentar do   vereador Vinícius José Simões.

 

O Código de Ética Eleitoral nos artigos 323- 324- 325 da Lei Lei n.º 5/2014- Lei n.º 5/2014 – APROVA O CÓDIGO DE CONDUTA e ÉTICA ELEITORAL  torna o vereador Vinícius Simões réu em potencial em estado fragrâncial, uma vez que a Prescrição dos Crimes Eleitorais é de 08 anos.

Satisfeito pela a explanação esclarecedora, na certeza de não haver protecionismo ou

mesmo corporativismo institucional, reitero minha plena confiança pela a admissibilidade do feito.

Vitória, 25/07/2023.

Wanderley da Silva Ferreira.

 

CORREGEDOR X VINÍCIUS SIMÕES

Na sessão de ontem 25/07, o vereador Vinícius Simões subiu a tribuna da casa acusando o vereador Leonardo Monjardim de estar sendo intencional ao dizer que o Corregedor Geral além de não ler a matéria já havia emitido sua opinião.

Representação deverá ser lida em Plenário

“Uma vez apresentada a representação o  que o Corregedor tem que fazer??? Examinar preliminarmente a matéria, podendo determinar o seu arquivamento, o inciso 3. diz o seguinte os fatos narrados na representação se forem anterior ao mandato deverão serem arquivados,” disse Simões.

LEONARDO MONJARDIM

 

Leonardo Monjardim agindo na luz do direito

O Corregedor Geral da Câmara Municipal de Vitória ES vereador Leonardo Monjardim em sua fala na sessão de ontem 25/07  disse que visa preservar o protocolo inicial do devido processo legal e que a Corregedoria trabalha com seriedade, e que age na luz da lei e do direito.

“V.Exa. serviu a uma ditadura imposta dentro dessa casa de Leis no seu tempo como presidente aonde chegava uma representação e era enfiada debaixo dos tapetes da Câmara Municipal de Vitória ES. Agora essa casa tem um Corregedor Geral que trabalha sério, não fica dando gargalhada, com deboche, V.Exa  está sendo novamente um ator uma hora se vestiu de Cuca, outra hora se vestiu de Kiko do Chaves pulando Amarelinha,  V.Exa. foi um Capacho do prefeito Luciano Rezende,” sufragou Leonardo Monjardim.

 

ATIVISTA SOCIAL THÓR O PAGODEIRO DO AMOR

O ativista social Thor o pagodeiro do amor reiterou a representação contra o vereador Vinícius Simões aduzindo novos fatos na petição, tais como a inserção dos crimes eleitorais violados pelo o candidato a vereador de Vitória Vinícius José Simões que na opinião de Thór, se encontra em estado de flagrância permanente diante da Lei Eleitoral e do Código de Ética Eleitoral.

“Estamos diante de um candidato a vereador que violou a Lei Eleitoral cometendo os diversos crimes que não entraram em período prescricional e afrontam o Código de Ética Eleitoral e a Lei Eleitoral, ele está desesperado e está sendo redundante em seu discurso porque ele cometeu crimes eleitorais e está passivo de sofrer uma nova interpelação judicial no Ministério Público Eleitoral e no TRE-ES, concluiu Thor o pagodeiro do amor.