LIESES entregará outro troféu a Independentes de São Torquato em Abril na quadra da Pega no Samba

148

O presidente da Liga das Escolas de Samba do Espírito Santo (LIESES) Sandro Rosa disse na Sexta-feira de Carnaval que a entidade da qual é presidente fará a entrega de outro troféu ao Grêmio Recreativo Escola de Samba Independentes de São Torquato na noite dos melhores, que será realizada na Quadra da Pega no Samba, em abril de 2023.

Sandro Rosa presidente da Lieses

Na avaliação de Sandro Rosa tanto as escolas da (LIESES)e as escolas da Liesges estão de parabéns porque justificaram no Sambódromo Capixaba a confiança das autoridades e das comunidades envolvidas no evento “ buscamos oferecer o melhor para o público presente que vai ao sambão do povo curtir os desfiles das escolas de samba do nosso carnaval, avaliou Sandro Rosa.

EPISÓDIO ISOLADO

Sandro Rosa classificou a atitude do ex presidente da Independentes de São Torquato Nildemar Nolasco Nascimento como infeliz e desastrosa, “ele destruiu um patrimônio da escola, da comunidade, da velha guarda, a São Torquato é uma grande escola e não merecia viver esse capítulo infeliz na sua história, acentuou Sandro Rosa.

Mug Campeã de sábado e Pega no Samba campeã da sexta-feira #2023

Confusões marcaram a realização da apuração do Grupo A do Carnaval de Vitória durante a última quarta-feira (15). Nildemar Nolasco do Nascimento, o Pinoca, então presidente da escola de samba Independentes de São Torquato, vice-campeã de 2023, atirou o troféu ao chão ao final da entrega do troféu.

 

Prefeito Lorenzo Pazoline, Edson Neto Liesges, Sandro Rosa Lieses e seu vice presidente

As informações foram divulgadas por fontes do carnaval, conforme o relato, o prêmio ficou em pedaços e foi recolhido diante de integrante da escola Pega no Samba, eleita vencedora durante a apuração.

 

Jonas Schneider, representante da Independentes de São Torquato, conversou com Splash sobre o caso. “Fizemos um belo desfile. Não esperávamos alguns quesitos recebendo notas baixas. Se alguma escola merecia o título, era a São Torquato”, disse Jonas Schneider

 

“Ninguém passou (pela avenida) melhor do que nós. Com a cabeça quente, o nosso presidente cometeu aquele ato. Ele já se desculpou, vamos continuar nosso trabalho e vida que segue. Vamos em busca de outro belo desfile, a vida continua”, concluiu.

 

Jonas informou que o presidente da Independentes de São Torquato conversou com a organização do carnaval local, evitando uma punição.

 

Membros das escolas de samba se desentenderam no local, gerando um princípio de confusão. Não há relatos de agressão física.

 

As imagens circularam nas redes sociais. Segundo relatos, o clima de insatisfação era nítido durante a leitura das notas no local. As escolas que participaram da disputa buscavam uma vaga no grupo especial.

 

A Lieses organiza os desfiles da Sexta-feira no Sambão do Povo

A Liesges e a Lieses, responsáveis pelo Carnaval de Vitória, não se pronunciaram  oficialmente sobre o caso nas redes sociais.