Pazolini responde e ataca demora em atendimentos nos P.A,s e nomeia 120 médicos em Vitória.

52
Nomeção de 120 médicos

Uma força-tarefa para reforçar a equipe da rede de saúde em um momento no qual os números da dengue causam grande preocupação. Para dar ainda mais celeridade nos atendimentos a esses casos e também a outras enfermidades, em um ato inédito, na manhã desta quinta-feira (23), em uma única vez, a Prefeitura de Vitória nomeou 120 médicos aprovados em concurso público.

“Vamos avançar ainda mais na Saúde. Quando cuidamos das contas conseguimos atender os interesses do cidadão. Estou assinado, com muita alegria, a nomeação de 120 médicos efetivos. É mais um compromisso nosso com o SUS e com os nossos munícipes. Com isso, chegamos a 811 profissionais da saúde nomeados em dois anos”, disse o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

Os profissionais atuarão nos serviços de saúde, garantindo mais celeridade e dignidade no atendimento aos munícipes. A lista completa dos nomeados hoje está disponível na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (23). Todos passarão por consulta para emissão de laudo médico admissional e deverão apresentar os documentos exigidos no edital. A relação de documentos e formulários obrigatórios estão disponíveis na página de processo seletivo no portal da PMV.

Epidemia

Vitória iniciou, em fevereiro, uma grande ação de combate ao mosquito, nos bairros Grande Vitória, Estrelinha, Inhanguetá e Universitário. Em uma ação realizada com mais de 100 agentes de saúde e profissionais da limpeza, foram realizadas 827 visitas domiciliares, 400 depósitos tratados e encontrados 24 focos do mosquito. Os principais focos encontrados foram em vasos de plantas, ralos abertos e caixas d’água entreabertas.

Os bairros de Consolação e Gurigica também receberam o mutirão e, no próximo sábado (25), será a vez dos bairros Itararé, São Benedito e Bairro da Penha. Além disso, três unidades de referência foram reforçadas com equipamentos e profissionais para atender pacientes com suspeita de dengue. Uma sala de hidratação foi montada na Unidade de Saúde de Maruípe e, está em andamento, a montagem nas Unidades de Conquista/Nova Palestina e Santo Antônio.

Recorde

A capital bateu o recorde no número de nomeações de médicos e professores para otimizar e melhorar ainda mais os atendimentos e serviços prestados nas redes municipais de saúde e educação. No total, são 1.308 profissionais. Só na Secretaria de Saúde (Semus), durante a atual gestão, foram nomeados 811 profissionais de saúde, sendo 472 médicos. Na Secretaria de Educação, são 497 novos profissionais do magistério.

Mais profissionais também na educação

Tendo a educação como prioridade na gestão, a Prefeitura de Vitória nomeou 497 profissionais para atuar nas 103 unidades de ensino da capital, considerando os anos de 2021 e 2022. São professores da Educação Infantil, anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), dinamizadores de Arte e Educação Física, além de coordenadores de turno e pedagogos.

A aprendizagem é um conhecimento cientifico mediado pelo professor. Ou seja, o vínculo com o estudante está na própria natureza do trabalho pedagógico. “Ter profissionais efetivos nas unidades de ensino permite o desenvolvimento de um trabalho de médio ou longo prazo, construindo também vínculos com a comunidade escolar. É sempre um motivo de celebração quando temos a nomeação de profissionais concursados para a rede municipal de ensino”, destacou a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

Os profissionais estão sendo convocados para suprir postos vagos na rede municipal de ensino, devido a aposentadorias ou saídas por motivos diversos de profissionais efetivos da rede.