Daniel Alves vai a julgamento pelo caso de estupro em Barcelona

11

O ex-jogador Daniel Alves será julgado pelo caso de estupro de uma jovem em uma casa de festas de Barcelona, acusação pela qual está preso desde janeiro, informou a Justiça espanhola nesta segunda-feira (31/7).

Ainda não há data para o julgamento “por acusações pelas quais o processo sempre esteve aberto, é um crime de agressão sexual”, disseram fontes do Tribunal Superior de Justiça da Catalunha à Agência France-Presse.

Relembre o caso

Daniel, de 40 anos, está em prisão preventiva, sem direito à fiança, desde 20 de janeiro deste ano.

A suspeita é de que ele tenha estuprado uma jovem no banheiro de uma boate de Barcelona no fim de dezembro.

Para a polícia, o atleta já mudou sua versão dos fatos mais de um vez. Inicialmente, ele afirmou que não conhecida a denunciante. Em abril, ele declarou à juíza que manteve relações sexuais consensuais com a jovem, e afirmou que não reconheceu isso em um primeiro momento em um tentativa de ocultar a relação da esposa, que posteriormente pediu a separação.