Neno Bahia faz desfile técnico e coloca Independentes de Eucalipto como uma das favoritas ao título do Grupo de Acesso

2574
Abriram-se alas para um novo mundo, onde foram representados o desenvolvimento colonial e elementos

Independentes de Eucalipto fechou o  primeiro dia de desfiles
Para fechar a primeira noite de desfiles do Grupo A, a Independentes de Eucalipto deu um verdadeiro show de história, já na manhã deste sábado (3), homenageando a colonização e o desenvolvimento de Baixo Guandu, deixando à passarela do samba disputando o acesso ao grupo especial de igual pra igual.

O presidente da agremiação, Neno  Bahia, falou sobre a escolha do enredo: “Baixo Guandu é uma cidade que tem muita história e muito a ofertar. Através do samba, nós buscamos levar para a avenida a história da região, agradecemos à toda comunidade Guanduense e ao prefeito da cidade Lastenio Cardoso pelo o apoio à nossa cultura popular, concluiu Neno Bahia”.

A agremiação desfilou com 1.200 componentes, além de 18 alas, dois carros alegóricos, um pede passagem, dois tripés e um elemento cenográfico.

O setor “a travessia” deu largada à jornada da escola na disputa. O espetáculo começou com a apresentação do início da vida e da história de Baixo Guandu. Em seguida, a ala “os botocudos” contou o trajeto da travessia além-mar, junto a segunda ala, “imigrantes”, que ressaltou e celebrou a beleza dos povos originários do Brasil.

Então, abriram-se alas para um novo mundo, onde foram representados o desenvolvimento colonial e elementos do solo sagrado de Baixo Guandu, a água da vida, a luz divina, as festas de São Pedro e as riquezas naturais da terra.

Abriram-se alas para um novo mundo, onde foram representados o desenvolvimento colonial e elementos

 

Grupo A (sexta-feira, 2 de fevereiro)

Andaraí

Mocidade da Praia

Imperatriz do Forte

São Torquato

Império de Fátima

Barreiros

Independentes de Eucalipto

Grupo Especial (sábado, 3 de fevereiro)

1ª Novo Império

2ª Jucutuquara

3ª Boa Vista

4ª MUG

5ª Chegou Que Faltava

6ª Piedade

7ª Pega No Samba

Grupo B (domingo – 4 de fevereiro)

1ª Chega Mais

Grupo B (domingo – 4 de fevereiro)

1ª Chega Mais

2ª Rosas de Ouro

3ª Mocidade Serrana

4ª União Jovem de Itacibá

5ª Tradição Serrana

A escola trouxe a história de Baixo Gandu para a passarela
A escola trouxe a história de Baixo Gandu para a passarela 
A agremiação desfilou com 1.200 componentes, além de 18 alas, dois carros alegóricos, um pede-passag
A agremiação desfilou com 1.200 componentes, além de 18 alas, dois carros alegóricos e um pede passagem