Evandro Figueiredo ex-secretário de Pazolini é vítima de esquema de calúnia e difamação

237

Filiado ao Republicanos desde 2017, Evandro Figueiredo é uma das principais lideranças do partido em Vitória. Em 2020 foi o responsável pela montagem da chapa de vereadores do partido que elegeu o Vereador Delegado Piquet e junto com Roberto Carneiro ajudou desde o início na construção da candidatura vitoriosa de Lorenzo Pazolini rumo a Prefeitura de Vitória.

Evandro Figueiredo um dos mentores da candidatura de Pazolini

Evandro Figueiredo foi candidato a vereador de Vitória por duas vezes, ficou como segundo suplente nas duas oportunidades e chegou  a ter 1.353 votos e é uma das forças políticas do maior bairro do estado que é Jardim Camburi, mas em 2020 abdicou da própria campanha para se dedicar a candidatura vitoriosa de Lorenzo Pazolini. Em 2021 foi nomeado subsecretário de governo, para junto com o secretário Roberto Carneiro montarem a equipe da atual gestão da Prefeitura de Vitória.

O início da montagem dessa gestão da Prefeitura de Vitória foi um desafio enorme para Roberto Carneiro e Evandro Figueiredo, uma vez que, ao cortar mais de 500 cargos comissionados do total de 1.000 mil que havia na gestão anterior, tiveram que fazer escolhas que geraram muito desgastes para ambos. Percebendo esse desgaste, o prefeito Lorenzo Pazolini decidiu promover Evandro Figueiredo a diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV).

Foi apartir deste momento em que vira ordenador de despesas, que Evandro Figueiredo que é pós-graduado e tem MBA em Gestão Pública, começou a sofrer duras e pesadas perseguições, inclusive de aliados do prefeito Lorenzo Pazolini.

A RedeNews Grande Vitória apurou que foram feitas quase dez denúncias anônimas na Ouvidoria do Ministério Público do Espírito Santo contra Evandro Figueiredo desde fevereiro de 2022. A estratégia era sempre a mesma, inventavam um fato que desabonasse a conduta do mesmo, para que se abrisse uma investigação, neste momento utilizavam jornais online vinculados a quem teria feito a denúncia e davam a manchete dizendo que “o Ministério Público está investigando”, tudo isso para caluniar e difamar Evandro Figueiredo.

Na apuração feita pela Rede News Grade Vitória foi verificado, que todas denúncias foram investigadas pelo Ministério Público e foram arquivadas, justamente por falta de qualquer prova concreta contra o acusado. Essa prática de milícia digital e uso de fake news para assassinato de reputações já vem sendo inclusive investigada pela justiça estadual e pelo Supremo Tribunal Federal e levou recentemente aqui no Espírito Santo autoridades e jornalista para a prisão.

Na apuração dessa reportagem a Rede News Grande Vitória ouviu uma fonte que disse o seguinte sobre Evandro na condição de que fosse mantido o sigilo da fonte “O Evandro é um cara que tem lado e todo mundo em Vitória sabe da sua inteligência e capacidade de articulação, até os adversários de Pazolini tem interesse em não vê-los juntos, por isso ele acaba sendo alvo de aliados e de adversários. E para piorar a situação ele tem crescido em seu reduto em Jardim Camburi, isso incomoda mais ainda, esse cara é um sobrevivente em um ninho com muitas cobras”.

Evandro Figueiredo liderança de Jardim Camburi

Nossa reportagem apurou ainda que Evandro Figueiredo já ingressou com ações cíveis e criminais contra essa rede de calúnia e difamação e em breve teremos decisões judiciais importantes, que estaremos acompanhando.