VILA VELHA ESTARÁ NA MARCHA DAS MARGARIDAS APOIO GOVERNO FEDERAL E GOVERNO DO ESTADO

94

Há 40 anos, em 12 de agosto de 1983, a líder sindical Margarida Alves era assassinada a mando dos latifundiários na porta de sua casa em Alagoa Grande, na Paraíba. Margarida permaneceu no sítio até os 28 anos, quando foi expulsa da terra junto com toda sua família por ordem dos coronéis da região. A Marcha das Margaridas é uma homenagem à ela. Em 2012, durante o governo de Dilma Rousseff, a data do assassinato de Margarida Alves, 12 de agosto, foi oficializada como Dia Nacional dos Direitos Humanos.

Margarida Alves foi uma mulher guerreira é exercia uma grande liderança, por meio do qual moveu mais de 600 ações contra latifundiários. Lutou na justiça contra os ladrões de terras  mas a justiça nunca prendeu seus assassinos. Na época da ditadura militar não havia justiça.

 

O ESTADO do Espírito Santo está enviando mais de 16 ônibus com as mulheres CAPIXABAS para fazerem parte dessa marcha e desse movimento de luta e resistência por mais políticas públicas voltadas para mulheres do campo e da cidade . Vila Velha está fazendo bonito sob a coordenação da escritora Luciana Santos com mais lideranças da grande Vitória.  Serra Viana Vitória e Cariacica no mesmo ônibus rumo a Brasília.  A marcha acontece dias 15 e 16 e terá diversas atividades para deliberar novas ações coletivas em prol das mulheres brasileiras.